terça-feira, 5 de abril de 2011

SolitaryConfinement.org - sobre solitárias (é, as prisões). Contém um pdf,

a comprehensive single point of reference on solitary confinement, examining its documented health effects, and professional, ethical and human rights guidelines and codes of practice relating to its use

e o Istanbul Statement:

to address the increasing use of solitary confinement and its harmful effects, a working group of 24 international experts adopted on December 9th 2007 the Istanbul Expert Statement on the Use and Effects of Solitary Confinement, calling on States to limit the use of solitary confinement to very exceptional cases, for as short a time as possible, and only as a last resort.

Lovely.

4 comentários:

Anônimo disse...

http://www.sociedadedespertalista.org.br/arquivos/foucault_vigiar_e_punir.pdf

Daniel Liberalino disse...

Essas adjacências político-teóricas são relevantes, também, mas o que me atrai mais a atenção, no caso das solitárias, é algo mais geral sobre a natureza (social) humana. Porque são hiperbólicas e atípicas, situações de isolamento total às vezes clarificam coisas que, em outras circunstâncias, se manifestariam de forma branda e nebulosa.

território potiguar disse...

Bicho tú podia fazer uma tradução dos seus textos, para que nós, leitores menos letrados possamos entender as palavras. No mais, o blog é bem interessante, notadamente os desenhos.

Daniel Liberalino disse...

Território, obrigado. Sobre sua sugestão de reescrever meus textos, meu problema é, justamente, ser iletrado a um ponto tal que me vejo incapaz de apreender as últimas teorias de inserção linguística, que dissolvem as barreiras pedantes entre a linguagem culta e a informal. Para sanar tão graves lacunas em minha cultura, só um doutorado em linguística.