quinta-feira, 30 de abril de 2009

John Williams loves wet pussy


A enchente de distração devastou o ambiente doméstico do bom selvagem, a clareza de princípios do Papai Smurf.






(outra versão aqui)




O sol morria como um cristo hiperplásico diluindo na broncodilatação do ocaso. O reitor tensionava o tríceps, rutilando na quietude litorânea reprocessada







Silhuetado contra o horizonte sinovial, um bodhisatva em um tanque de guerra tentava abrir a tiros de canhão seu caminho para o nirvana, mas seu carma era desintegrado por uma reação adversa ao hormônio bovino que vinha injetando - em lenta procissão marchavam as almas frementes.



Caminhamos cegos com o meu padrasto constituído de metal líquido, sobre o ergométrico mar de icterícia; sobre os corpos eviscerados das cheerleaders. A dor original de existir tinha, sobre nós, inviolável e beatífica ação protetora contra raios ultra-violeta




Sob o cáustico sol do deserto, selamos, para sempre, a happy hour; o eternamente fatigante meeting












Era esse o povo desprovido de complexidade psicológica cuja vida foi roubada pela instabilidade esfincteriana de sua namorada.

5 comentários:

naturalismo amador disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
chico m guedes disse...

Aqui esteve Francisco, mas sem a rainha Elixabete. Foi ótimo! (d'après Krudy Gyula, em Uma das histórias do soldado raso Harras Rudolf)

olavo disse...

daniel, quanto tá cada desenho? depois me passa o valor e as dimensões, quando der.

valeu!

márcio naziandaskda... disse...

Daniel, vossê é ótimo, um grande artista, e eu gostaria de comprar a ilustrassão verde... parabéns.

OPN! disse...

Cara,
que beleza de desenhos! Tu podia ilustrar um Sandman!

Abrrrrrrrrrr.
OPN!